Prevenção da enxaqueca

Nos dias de hoje, as pessoas vivem continuamente em tensão, dormem pouco, se alimentam mal, trabalham excessivamente e raramente reservam um horário para lazer e atividades físicas. Isso contribui muito para o aparecimento de dores de cabeça; tanto a enxaqueca, como a cefaleia tipo tensional.

happy-01

Hábitos como privação de sono, pular horário de refeições, o consumo de gorduras, frituras, chocolates, alimentos embutidos, queijos amarelos, molhos vermelhos, frutas cítricas, glutamato monossódico, excesso de fumo e álcool são todos “gatilhos” para desencadear crises de enxaqueca.

É importante que o paciente descubra o que desencadeou aquela dor, porque isso varia de pessoa para pessoa. Alguns podem ter dor quando expostos a odores fortes como perfumes e voláteis (gasolina, éter, cera etc.). Exposição solar e luz forte também podem desencadear crises.

Relaxar no meio do expediente é uma dica infalível para evitar a cefaleia. Se estiver num local onde não possa deitar, vá ao banheiro e permaneça de olhos fechados, controlando a respiração por 10 minutos. Isso ajuda a dar uma pausa e aliviar a tensão que possa provocar a dor. Evitar situações muito estressantes e não acumular trabalho também ajudam a evitar a dor de cabeça causada pelo estresse.

Jogar videogame, navegar na internet ou ver um filme são formas de descansar. Mas passar muito tempo diante de um monitor ou tela pode acabar em dor de cabeça e olhos irritados. Forçar a visão pode provocar dores, por isso, é preciso dar um intervalo para seus olhos. Saia um pouco da frente do computador, desligue alguns minutos o videogame. Feche os olhos e relaxe. Seu corpo agradece.

 

Relacionados