Domine o estresse e reduza as crises de enxaqueca

50 Coisas que Você Pode Fazer para Lidar com a Enxaqueca de Wendy Green.

O estresse pode ser um fator importante nas cefaleias. Pesquisas têm mostrado que conseguir relaxar pode ajudar na prevenção da enxaqueca. Confira as dicas do Enxaqueca Não baseadas no livro “50 Coisas que Você Pode Fazer para Lidar com a Enxaqueca”, de Wendy Green.

A primeira dica é fazer um diário, registrando durante uma ou duas semanas, detalhes de situações, horas, lugares e pessoas que o fazem se sentir estressado. Identificando seus gatilhos, fica mais fácil encontrar meios de evitar, minimizar ou aprender a lidar melhor com eles.

Quem tem um smartphone com iOS (Apple) pode baixar o aplicativo Diário da Cefaleia. Ele permite que você registre as ocorrências das suas dores de cabeça, que podem ser um indício de enxaqueca. O registro dos eventos deverá ser feito considerando os seguintes fatores: dia e horário da dor, intensidade, fator desencadeante e região da cabeça onde ela aparece.

Essas informações ficam armazenadas em um banco de dados (poderão ser acessadas de qualquer iPhone ou iPad), podendo ser encaminhadas via e-mail para o médico responsável pelo tratamento ou, ainda, impressas para serem levadas no dia da consulta. Para baixar o app na Apple Store, clique aqui. Se você quer utilizar o aplicativo no seu PC, também é possível. Basta seguir os passos indicados aqui.

Aprenda a delegar – O perfeccionismo pode levar a uma necessidade de controle – você acha que ninguém mais pode atingir seus altos padrões e faz tudo sozinho. Isso, inevitavelmente, leva à sobrecarga física e mental. Aprenda a ouvir ideias e opiniões de outras pessoas e a delegar tarefas.

Seja assertivo – “Não” é uma palavra que pode reduzir drasticamente seus níveis de estresse. Se estiver sobrecarregado e perceber a tensão aumentar, tente dizer “não” a tarefas não essenciais. Caso ache difícil negar, tente trabalhar sua habilidade de ser assertivo. Ser assertivo possibilita que você diga o que quer, sente e precisa, com calma e segurança.

Domine o estresse e reduza as crises de enxaqueca

Administre seu tempo – Reveja seu planejamento de tempo. Priorize o que realmente é importante, numere as tarefas por urgência e procure executá-las na ordem.

Seja ativo – O exercício regular é um excelente antídoto para o estresse porque libera endorfinas, que ajudam a melhorar o humor e aumentam a sensação de bem-estar. Pesquisas sugerem que a atividade física moderada influencia na frequência das crises de enxaqueca.

Respire profundamente – A respiração lenta e profunda reduz a frequência cardíaca, relaxa os músculos e libera a tensão. Inspire devagar pelo nariz e conte até cinco, deixando que o abdome se expanda; segure o ar contando até cinco e depois expire devagar pelo nariz contando até cinco, enquanto encolhe o abdome devagar. Repita por 10 vezes.

Durma bem – O sono é um fator importante nas enxaquecas – ter distúrbios do sono e dormir demais ou muito pouco podem atuar como gatilho das cefaleias. A falta de descanso adequado também aumenta os níveis de estresse.

Relacionados