A ansiedade pode piorar ainda mais a dor; veja como reverter

A ansiedade pode piorar ainda mais a dor; veja como reverter

Medidas como a prática de atividade física aeróbica (caminhar ou correr) por — pelo menos — 30 minutos e três vezes por semana, além de ter boas noites de sono, são armas poderosas contra a ansiedade e a dor

É uma unanimidade entre os médicos o fato de que a ansiedade favorece o surgimento das crises de enxaqueca. Pessoas com esta tendência estão continuamente provocando em si próprias reações físicas que levam ao surgimento da dor ou ao agravamento das sensações de dor.

Durante as crises de ansiedade, o corpo reage como se estivesse passando – ou prestes a passar – por uma ameaça. A liberação de substâncias como a adrenalina provoca tensão muscular e o aumento da pressão arterial, combustíveis para as crises.

Segundo um estudo da Universidade de São Paulo (USP) com 60 pessoas, dentre elas 30 com transtorno de ansiedade, os ansiosos têm 13 vezes mais chance de desenvolver enxaqueca.

Medidas como a prática de atividade física aeróbica (como caminhar ou correr) por — pelo menos — 30 minutos e três vezes por semana, além de ter boas noites de sono, são armas poderosas contra a ansiedade e a dor. Porém, se a ansiedade costuma aparecer com frequência e se torna difícil de controlar, o recomendável é conversar com o médico que acompanha o quadro de enxaqueca.

Gostou deste conteúdo? Então leia também: Chá de tília é um poderoso aliado contra a enxaqueca

 

Relacionados